Total Control > Blog > O que são custos fixos/variáveis

Para entender as estratégias de redução, e escolher aquelas com mais resultados significativos para o negócio, é importante conhecer os diferentes tipos de custo. Veja as duas principais categorias a seguir.

CUSTOS FIXOS
Os débitos desse primeiro grupo permanecem relativamente estáveis, independentemente do quanto a empresa produza. Por exemplo, se a organização adquiriu um empréstimo bancário, as parcelas mensais não serão modificadas caso se venda 10, 100 ou 1.000 produtos.

Não obstante, na maioria dos casos, essas despesas são provenientes do custeio da infraestrutura do negócio, como valores de aluguel, telefone, serviço de limpeza e segurança privada.


CUSTOS VARIÁVEIS

Já o segundo grupo contém os débitos proporcionais ao número de unidades produzidas ou de serviços entregues. Por exemplo, quanto mais mercadorias forem vendidas a distância, maior será o valor gasto com frete. As despesas dessa categoria normalmente estão relacionadas a insumos, matéria-prima, comissões, impostos e encargos por unidade vendidas, entre outras. Tudo isso cresce em conjunto com o volume de produção.

 

AS DIFERENÇAS ENTRE CUSTOS FIXOS E VARIÁVEIS

Como esclarece Josh Kaufman, em seu “Manual do CEO: um verdadeiro MBA para o gestor do século XXI” (editora Saraiva, 2012), há uma diferença nos efeitos da redução desses fatores:

Reduções nos Custos Fixos se acumulam enquanto reduções nos Custos Variáveis são amplificadas pelo volume.

Se você conseguir economizar 50 dólares por mês na sua conta de telefone, essa economia se acumula a 600 dólares por ano. Se puder economizar 50 centavos em cada camiseta produzida, você economiza 500 dólares a cada 1.000 camisetas que produzir.

Sendo assim, o valor que é entregue pela empresa irá determinar a importância de custos fixos ou de custos variáveis. Compreendendo a estrutura dos processos poderá chegar a pontos críticos que serão atacados pela gestão da empresa.

Imagine, por exemplo, que um empreendedor controla um escritório de advocacia. Aqui, os principais gastos dizem respeito aos deslocamentos para tribunais, contratação de peritos e despesas judiciais, enquanto gastos com aluguel, internet, luz e telefone representam uma fatia menor do bolo.

Por outro lado, um revendedor pode ter uma margem pequena para negociar os preços dos produtos, enquanto o aluguel, luz e água de um ponto bem localizado podem ser bastante dispendiosos e serem passíveis de economia.

Portanto, a estratégia de redução deverá considerar as características do negócio, visto que o impacto nas finanças depende do tipo de atividade executada e o seu custo.

Descubra metodos simples para fazer o seu comércio dar certo.
https://totalcontrol.com.br/novo/varejo-2-0

Deixe um comentário

É REVENDA INTELBRAS ?  Agora você tem uma área exclusiva.

x